7º Prêmio Mulheres Brasileiras na Química recebe nomeações até 22 de março


Estão abertas as nomeações para o Prêmio Mulheres Brasileiras na Química 2024. A premiação para pesquisadoras, cientistas e executivas é oferecida pela American Chemical Society (ACS) em conjunto com a Sociedade Brasileira de Química (SBQ). As candidatas têm até o dia 22 de março para concorrer a um dos principais prêmios da comunidade científica do país. 

A premiação tem como objetivo promover a igualdade de gênero, principalmente na comunidade química brasileira, e reconhecer o impacto da diversidade na pesquisa científica em química. Assim, o prêmio busca reconhecer mulheres cientistas com contribuições relevantes e pesquisas de destaque no campo da química e ciências afins. A nomeação ou auto nomeação pode ser feita também por mulheres transgênero e pessoas não-binárias. O prêmio é patrocinado pela CAS e ACS Publications, duas divisões da ACS, e as inscrições são analisadas em conjunto pela SBQ e pela ACS.

As vencedoras serão anunciadas no início de maio. A premiação será feita no Simpósio do Núcleo Mulheres SBQ, no dia 25 de maio, durante a 47ª Reunião Anual da SBQ, em Águas de Lindoia (SP).

Para se candidatar ou fazer uma nomeação, acesse www.acs.org/funding/awards/premios-mulheres-brasileiras-em-quimica.html

O Prêmio Mulheres Brasileiras na Química, criado em 2018, tem três categorias: Líder Emergente em Química e Ciências Correlatas  (reconhece realizações de uma jovem cientista ou empreendedora notável na química ou em áreas relacionadas; a idade máxima é 40 anos, ou não ter concluído seu doutorado há mais de 10 anos, completados em 2023); Líder na Indústria (reconhece a trabalhadora das indústrias química, farmacêutica ou de biotecnologia, cujas pesquisas e inovações criativas tenham gerado descobertas que contribuíram para o sucesso comercial e o benefício da sociedade); Líder Acadêmica (reconhece uma mulher com uma carreira consolidada na academia e cuja contribuição para a pesquisa científica na química tenha um impacto global e social).

Um painel de jurados analisará todas as indicações. Esse painel será composto por representantes da SBQ (e seu Núcleo Mulheres) e representantes globais da ACS.

Cada vencedora receberá um prêmio em dinheiro no valor equivalente a US$ 2.000; uma ID do SciFinder válida por um ano; uma associação à ACS e à SBQ por um ano; um certificado de premiação em inglês; uma placa de homenagem em português; cobertura jornalística na C&EN e no Boletim da SBQ, bem como nas redes sociais oficiais da SBQ e do Núcleo Mulheres SBQ; e inscrição gratuita em um curso oferecido pelo Instituto ACS.

Últimas Notícias

Rockwell Automation em parceria com NVIDIA impulsiona o desenvolvimento de robôs móveis industriais com IA

A Rockwell Automation anuncia novas colaborações com a NVIDIA para impulsionar o desenvolvimento de robôs móveis industriais, mais seguros e inteligentes, com Inteligência Artificial...

Primeira fábrica de inversores de energia solar do Brasil

A Livoltek, empresa do Hexing Group, inaugurou a primeira fábrica de inversores de energia solar da América Latina na Zona Franca de Manaus (ZFM)....

GT PA-DIN apresenta extensões ao padrão com lançamento da versão 1.1

Os coproprietários do Process Automation Device Information Model (PA-DIM), incluindo FDT Group, FieldComm Group, ISA 100 WCI, NAMUR, ODVA, OPC Foundation, PROFIBUS e PROFINET...