BNDES e BEI concluem nova linha de €300 milhões e discutem investimentos em hidrogênio verde

Foto: Gabriel Souza - BNDES / Divulgação

Uma nova linha de crédito, no valor de €300 milhões (aproximadamente R$ 1.77 bilhão), criada pelo BNDES – Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social e pelo Banco Europeu de Investimento (BEI), está praticamente concluída, informou o presidente da instituição brasileira, Aloizio Mercadante, após reunião com o chefe do escritório do BEI, João Fonseca Santos. Os recursos terão como finalidade o investimento em projetos de abastecimento de água e saneamento no Brasil.

Na reunião, que ocorreu em Lisboa, Portugal, as duas instituições iniciaram tratativas para investimentos em hidrogênio verde. “O BNDES tem vários projetos sendo analisados nessa área que é de grande interesse da União Europeia”, explicou Mercadante. No encontro, BEI e BNDES também avançaram nas discussões para o banco europeu participar do fundo de minerais críticos, lançado neste ano pela instituição brasileira, em parceria com a Vale. Além do chefe do escritório do BEI, a reunião contou com a presença de Joana Sarmento, executiva da Comissão Europeia.

Medidas para ações de emergência, que atuem em apoio imediato, logo após a ocorrência de eventos climáticos e, também, de reconstrução, mitigação e prevenção foram objeto de discussão na reunião em Lisboa. A proposta de Mercadante é que os bancos de desenvolvimento criem uma comissão para discutir como poderão atuar nessas situações. “Os desastres climáticos estão sendo cada vez mais intensos e frequentes. Já estamos conversando com o Banco Interamericano de Desenvolvimento, vamos convidar o Banco Mundial e outras instituições porque é preciso enfrentar as emergências e os desafios da reconstrução, da mitigação e da prevenção”, explicou o presidente do BNDES.

Últimas Notícias

Utilização da capacidade instalada despenca para 58%, o menor nível mensal da história da química nacional

De acordo com os dados da amostra do Relatório de Acompanhamento Conjuntural (RAC), o índice de utilização da capacidade instalada da indústria química brasileira...

FPSO Bacalhau – Primeiro FPSO Novo do Mundo com Notação DNV Abate

A Modec comunica que o FPSO Bacalhau recebeu a Aprovação em Princípio (AiP) para Notação de Redução da sociedade de classificação DNV, tornando-se o...

ADNOC implanta a primeira solução de IA RoboWell da AIQ em operações offshore

A ADNOC anunciou a implantação do RoboWell, a solução pioneira de controle de poços autônomos de inteligência artificial (IA) da AIQ, em suas operações...