Copersucar e Geo desenvolvem tecnologia para produção de SAF a partir de biogás


A Copersucar e a Geo bio gas&carbon anunciam assinatura de um memorando de entendimento (MoU) com o objetivo de desenvolver tecnologia para conversão de biogás em combustível de aviação sustentável (SAF).

Combinando a escala da Copersucar no setor sucroenergético com a experiência em tecnologia de produção de biogás/biometano da Geo, o acordo pretende viabilizar a produção de SAF em larga escala no Brasil nos próximos anos, em uma nova rota de produção além do etanol (conhecida como alcohol-to-jet – ATJ).

Como parte da parceria, as empresas vão construir uma planta piloto de demonstração comercial com previsão de início da operação em 2025. O projeto para a produção de SAF a partir de biogás/biometano empregará a rota gás-para-líquido (GTL) utilizando a tecnologia de Fischer-Tropsch, processo químico para produção de hidrocarbonetos líquidos verdes a partir de gás de síntese.

“O SAF produzido a partir do biogás/biometano é um produto de alto valor agregado, baixa pegada de carbono e amplia ainda mais o uso da cana-de-açúcar como fonte de energia renovável. Essa parceria pode representar uma nova avenida de crescimento para o ecossistema Copersucar, alinhada à nossa estratégia de prover soluções em escala para a transição energética”, comenta Tomás Manzano, presidente da Copersucar.

Alessandro Gardemann, CEO da Geo, enfatiza que “as rotas de produção de biogás a partir de resíduos orgânicos são importantes para posicionar o Brasil como produtor e exportador de combustíveis avançados com valor agregado. Isso torna o País competitivo para descarbonizar tanto a matriz de transporte aéreo brasileira quanto mercados internacionais de alta exigência como o europeu. Nossa planta já irá nascer com as bases prontas para elevar de maneira rápida a produção ao nível de escala industrial”.

Últimas Notícias

Utilização da capacidade instalada despenca para 58%, o menor nível mensal da história da química nacional

De acordo com os dados da amostra do Relatório de Acompanhamento Conjuntural (RAC), o índice de utilização da capacidade instalada da indústria química brasileira...

FPSO Bacalhau – Primeiro FPSO Novo do Mundo com Notação DNV Abate

A Modec comunica que o FPSO Bacalhau recebeu a Aprovação em Princípio (AiP) para Notação de Redução da sociedade de classificação DNV, tornando-se o...

ADNOC implanta a primeira solução de IA RoboWell da AIQ em operações offshore

A ADNOC anunciou a implantação do RoboWell, a solução pioneira de controle de poços autônomos de inteligência artificial (IA) da AIQ, em suas operações...