Coppe sediará Centro do MIT na cidade do Rio de Janeiro


A Coppe/UFRJ sediará o Senseable Rio Lab (SRL), sucursal carioca do laboratório do MIT especializado em tecnologias digitais e urbanismo. O convênio, resultado de parceria entre a Prefeitura do Rio de Janeiro e o Senseable City Lab do Massachusetts Institute of Technology (MIT), foi assinado (04/04) na sede da prefeitura, na Cidade Nova.

O MIT, ou Massachusetts Institute of Technology, é um dos principais centros de estudo e pesquisa em ciências, engenharia e tecnologia do mundo. Seus ex-alunos e professores já ganharam 98 prêmios Nobel (o mais conhecido deles é Richard Feynman, considerado o pai da física quântica) e centenas deles foram vencedores das principais premiações de tecnologia.

Os Laboratórios Mundiais Senseable são uma família de cidades globais que abordam os maiores desafios da humanidade por meio da aplicação criativa de novas tecnologias.

Como membro fundador da iniciativa Senseable World, o Senseable Rio Lab (SRL) é um projeto colaborativo de cinco anos entre a cidade do Rio e o Senseable City Lab do MIT.

O espaço tem como objetivo promover, durante cinco anos, novas ferramentas e formas de articular o conhecimento sobre a cidade do Rio para melhorar a qualidade de vida dos moradores, com base no desenvolvimento de pesquisas científicas críticas. Durante este período de execução, o Rio de Janeiro será usado como um laboratório vivo, com os experimentos conduzidos e protótipos implantados na cidade.

No SRL, que funcionará no Laboratório de Métodos Computacionais em Engenharia (Lamce) da Coppe, serão implementadas metodologias inovadoras, que permitam avanços tecnológicos na abordagem de dados, pesquisa de campo e ferramental no aprimoramento do desenho de políticas públicas e projetos urbanos para a cidade. O banco de ensaio ficará concentrado em quatro pilares de pesquisa: informalidade, inteligência artificial, modelagem urbana e soluções que visam tornar o Rio de Janeiro uma cidade mais igualitária e neutra em carbono até 2050.

Para promover o desenvolvimento urbano específico da cidade do Rio, o SRL delineou uma série de direções iniciais de pesquisa que são de interesse acadêmico. O projeto tido com principal é o denominado Favelas 4D, que utiliza tecnologia de varredura a laser 3D para analisar a morfologia das favelas. O foco é tornar o informal visível para propiciar melhorias nas ações públicas da prefeitura. Para tanto, serão investigados meios digitais de detecção, análise e gestão de assentamentos informais para a melhoria do meio ambiente e da saúde das pessoas, e outras oportunidades de desenvolvimento que os dados e ferramentas permitam, tais como melhorias habitacionais e regularizações fundiárias.

A iniciativa SRL empregará inicialmente seis pesquisadores do MIT em tempo integral que atuarão focados no Rio de Janeiro, com 50% trabalhando na cidade e a outra metade na sede em Boston (EUA). Durante o projeto, o MIT se envolverá com estudantes de toda a região da cidade do Rio fornecendo conhecimento sobre os métodos e ferramentas que a cidade precisa, de forma a permitir que as gerações futuras liderem as transições urbanas.

A diretora da Coppe, professor Suzana Kahn (primeira à esquerda na foto), diz que esta parceria faz com que toda a expertise da instituição na transformação digital possa ser usada para a melhoria da qualidade de vida urbana e melhor preparação das cidades para a emergência climática

Últimas Notícias

Utilização da capacidade instalada despenca para 58%, o menor nível mensal da história da química nacional

De acordo com os dados da amostra do Relatório de Acompanhamento Conjuntural (RAC), o índice de utilização da capacidade instalada da indústria química brasileira...

FPSO Bacalhau – Primeiro FPSO Novo do Mundo com Notação DNV Abate

A Modec comunica que o FPSO Bacalhau recebeu a Aprovação em Princípio (AiP) para Notação de Redução da sociedade de classificação DNV, tornando-se o...

ADNOC implanta a primeira solução de IA RoboWell da AIQ em operações offshore

A ADNOC anunciou a implantação do RoboWell, a solução pioneira de controle de poços autônomos de inteligência artificial (IA) da AIQ, em suas operações...