Crea-SP confere posse à primeira mulher na Presidência


Os quase 90 anos de história do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado de São Paulo (Crea-SP) foram marcados por um momento único e histórico: a posse da primeira mulher eleita para presidir a autarquia.

A engenheira civil Lígia Marta Mackey assume o cargo apenas em 1º de janeiro para a gestão de 2024 a 2026, mas já soma apoios entre profissionais registrados, entidades de classe e poder público.“Estar aqui, sendo empossada como a primeira mulher eleita em 89 anos de Crea-SP, é um grande desafio para mim”, discursou. “Espero inspirar outras profissionais que desejam e precisam assumir cargos de liderança a acreditarem em seus potenciais”. A nova presidente do Conselho paulista falou ainda da sucessão ao mandato do atual presidente Vinicius Marchese. “A data de hoje tem um outro significado muito especial. É o reconhecimento do trabalho que vem sendo realizado há sete anos e precisa ter continuidade”, defendeu Lígia.

Vinicius Marchese assumirá, também em janeiro, a Presidência do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea). Essa semana ele foi diplomado em Brasília e, na ocasião, contou como foi a campanha em que percorreu todos os estados brasileiros e Distrito Federal. “Podem ter certeza de que o Confea será pautado com base nesse conhecimento para que essa estrutura, que precisa elevar o nível de prestação de serviço aos profissionais, alcance verdadeiramente a sociedade”. Ter em São Paulo alguém de sua confiança contribuirá para isso. “É muito melhor para todo mundo quando trabalhamos em um espírito de entrega e de coletividade”, afirmou o engenheiro.  

Além deles, também foram empossados, em Brasília, os conselheiros federais engenheiro Daniel Montagnoli Robles, como titular, e geólogo Ronaldo Malheiros Figueira, como suplente, que representarão São Paulo no Plenário do Confea. Na capital paulista, quem mais tomou posse dos cargos, em reeleição, foi a diretoria da Caixa de Assistência aos Profissionais do Crea-SP (Mútua-SP), composta pelos engenheiros Renato Archanjo de Castro, diretor geral; Cláudia Aparecida Ferreira Sornas Campos, diretora financeira; e Ronaldo Florentino dos Santos, diretor administrativo.

Últimas Notícias

Utilização da capacidade instalada despenca para 58%, o menor nível mensal da história da química nacional

De acordo com os dados da amostra do Relatório de Acompanhamento Conjuntural (RAC), o índice de utilização da capacidade instalada da indústria química brasileira...

FPSO Bacalhau – Primeiro FPSO Novo do Mundo com Notação DNV Abate

A Modec comunica que o FPSO Bacalhau recebeu a Aprovação em Princípio (AiP) para Notação de Redução da sociedade de classificação DNV, tornando-se o...

ADNOC implanta a primeira solução de IA RoboWell da AIQ em operações offshore

A ADNOC anunciou a implantação do RoboWell, a solução pioneira de controle de poços autônomos de inteligência artificial (IA) da AIQ, em suas operações...