DVA Agro inaugura fábrica e centro de pesquisa no interior de SP


A multinacional alemã DVA Agro inaugurou (30/01), em Indaiatuba, interior de São Paulo, sua primeira unidade fabril e centro global de pesquisa e desenvolvimento no Brasil. Segundo o diretor da DVA Brasil, Fernando Fernandes, o investimento é da ordem de R$ 12 milhões, com uma área de mais de dois mil metros quadrados, que serão utilizados para a fabricação de aproximadamente 10 milhões de litros/ano de adjuvantes de alta performance.

Em curto período de atuação por aqui, a DVA Agro já dá mais um importante passo no fortalecimento e expansão, com expectativa de duplicar o tamanho da global da companhia até 2028. Esta é mais uma forte demonstração do grupo no mercado, que ao longo dos últimos sete anos vem investindo fortemente no desenvolvimento de tecnologias nas áreas de adjuvantes, bioestimulantes fisiológicos e biológicos.

Segundo Natália Gonçalves, diretora global de pesquisa e desenvolvimento e da linha de adjuvantes (Adyuvia) e especialidades químicas, grande parte da expertise química para o mercado agro será produzida nesta nova unidade. “Produtos fabricados aqui serão exportados para os outros 53 países em que atuamos. Isso reafirma o compromisso da empresa em expandir as operações”, sinaliza.

A unidade brasileira foi especialmente construída para produção da linha ADYUVIA, composta por adjuvantes foliares e de solo, e a linha de especialidades químicas (SPCHEM), para desenvolvimento de outras formulações. “A fábrica foi projetada com estrutura para ser também uma unidade para atender a demanda Latam da linha de nutrição vegetal e bioestimulantes da INCENTIA”, detalha Natália.

O Brasil foi escolhido para receber a nova fábrica devido ao posicionamento estratégico dos principais mercados que o grupo está presente, estando assim mais perto do produtor rural e também para controle da propriedade intelectual. A DVA Agro vem desenvolvendo tecnologias inovadoras ao longo dos últimos anos, aproximadamente 10 inovações são patenteadas por ano.

Além desta unidade brasileira, que contará com mais de 30 funcionários, a DVA Agro também possui fábrica na Argentina, voltada para a produção de defensivos agrícolas químicos e outras duas unidades na Espanha, focada em desenvolvimento de bioestimulantes fisiológicos e defensivos biológicos além de dois outros centros de pesquisa também na Espanha focados em nutrição vegetal e biológicos.

Últimas Notícias

Utilização da capacidade instalada despenca para 58%, o menor nível mensal da história da química nacional

De acordo com os dados da amostra do Relatório de Acompanhamento Conjuntural (RAC), o índice de utilização da capacidade instalada da indústria química brasileira...

FPSO Bacalhau – Primeiro FPSO Novo do Mundo com Notação DNV Abate

A Modec comunica que o FPSO Bacalhau recebeu a Aprovação em Princípio (AiP) para Notação de Redução da sociedade de classificação DNV, tornando-se o...

ADNOC implanta a primeira solução de IA RoboWell da AIQ em operações offshore

A ADNOC anunciou a implantação do RoboWell, a solução pioneira de controle de poços autônomos de inteligência artificial (IA) da AIQ, em suas operações...