Emerson Exchange 2023


Aconteceu em Anaheim, Califórnia, o Emerson Exchange Immerse 2023, onde a empresa compartilhou seu novo DeltaV™ Edge Environment  que fornecerá maneiras mais seguras de mover dados da plataforma de automação para onde quer que sejam necessários – data lakes, cientistas de dados, aplicativos analíticos na nuvem, sistemas de planejamento de recursos empresariais, etc. – sem perder o contexto operacional.

Também foi destaque o lançamento de tecnologias que suportam o aumento da largura de banda e a conectividade intrinsecamente segura da camada física avançada (APL) Ethernet – o que facilita a integração de dispositivos inteligentes de campo na plataforma DeltaV™ , expandindo a visibilidade e capacitando usuários e sistemas para gerenciar os recursos mais importantes de uma empresa. problemas complexos e interações de sistemas.

“As soluções inovadoras do DeltaV Edge simplificam a rede, melhoram a segurança, democratizam os dados, aceleram os esforços de cocriação, alinham melhor a TI com a TO e melhoram a robustez geral”, disse Claudio Fayad, vice-presidente de tecnologia para sistemas de processo e soluções na Emerson. 

A Emerson também adicionou novas soluções de software como serviço hospedadas na nuvem para trazer dados da borda para a nuvem, para combinar dados da nuvem com ferramentas de Inteligência Artificial (IA). Essas ferramentas ajudarão a construir modelos para estratégias de manutenção preditiva e prescritiva que desbloqueiam a planta autônoma, ao mesmo tempo em que criam um novo paradigma de operações centralizadas trabalhando em conjunto com IA.

De todos os anúncios, a Boundless Automation chamou a atenção porque, como explica Fayad,  “ela é uma visão. Não uma arquitetura. É a proposta de que a Automação tem que convergir para uma solução mais integrada. Trazendo as diferentes disciplinas (controle, segurança, confiabilidade, laboratórios, otimização) dentro de uma mesma plataforma com um model de dados integrado. E a simplificação das conexões, eliminando as camadas de redes utilizadas hoje e definidas pelo modelo de Purdue. Para se alcançar esta visão precisamos evoluir os sistemas de controle para uma plataforma de operações, onde cada um destes sistemas passa a ser uma funcionalidade da plataforma (software defined) operando sobre uma base de dados integrada (data centric) com conectividade entre todos os diferentes componentes do campo inteligente, Edge ou nuvem (flexível)”.

Outro tópico discutido no evento foi o desafio apresentado pela implementação da nuvem, em especial para TO e a borda industrial. Para Peter Zornio, CTO da Emerson, ainda que a implementação da nuvem de TO esteja atrasada em relação à de TI, isso parece estar mudando.

Jose Valls, CTO de manufatura da Microsoft, disse que quase todas as empresas estão usando a nuvem de alguma forma atualmente, principalmente para otimizar processos. Erik Lindhjem, vice-presidente e gerente geral de soluções de confiabilidade da Emerson, destacou que a natureza mutável dos negócios pós-covid tornou mais fácil e ainda mais necessário para os tomadores de decisão de TO adotarem aplicativos em nuvem. “Há vantagens de custo, mas é preciso garantir que esses sistemas distribuídos sejam suficientemente bem gerenciados”, disse Steve Williams, vice-presidente de estratégia de portfólio de produtos da AspenTech. Brian LaMothe, vice-presidente de desenvolvimento de aplicativos em nuvem da Emerson, também vê duas áreas principais onde os aplicativos de TO baseados em nuvem têm necessidades que os aplicativos de TI talvez não tenham. “Deve haver uma maneira de identificar um problema e ser capaz de processá-lo mais rápido do que se faz. A segunda área de foco é a necessidade de sistemas de qualidade automatizados que utilizem IA ou aprendizado de máquina para testar e detectar quaisquer incógnitas operacionais nos dados. Outros impulsionadores do crescimento em soluções de nuvem para TO incluem as necessidades de confiabilidade e sustentabilidade de processos”.

Últimas Notícias

Recap lança campanha de combate a fraudes no setor de combustíveis

As fraudes no setor de combustíveis afetam não apenas a concorrência leal entre as empresas, mas toda a sociedade, ao retirar recursos de áreas...
advertisementspot_img

Prêmio DowGOL reconhece os melhores fornecedores logísticos 

A Dow Brasil anunciou os vencedores da 18ª edição do Prêmio DowGOL que reconhece e promove as melhores práticas de fornecedores logísticos. O evento...

Sabesp é finalista de maior prêmio do mundo no setor de biogás

A Sabesp é finalista do AD and Biogas Industry Award 2024, a maior premiação do mundo no setor de biogás. A Companhia concorre na...