Invest Paraná estreita relações comerciais com a província de Alberta, do Canadá

Igor Jacinto - Vice-Governadoria

Uma comitiva oficial da província de Alberta, no Canadá, está no Paraná para prospectar negócios com o Estado. A missão é organizada pela Câmara de Comércio Brasil-Canadá (CCBC) com apoio da Invest Paraná, agência de atração e promoção de investimentos do Governo, vinculada à Secretaria de Estado da Indústria, Comércio e Serviços (SEIC). Os canadenses estão interessados em negociar nas seguintes áreas: startups, indústria 4.0, inovação, inteligência artificial, saúde, ciências da vida, energia, tecnologia limpa, agronegócio, smart cities, entre outras. 

O primeiro compromisso do grupo canadense foi no Palácio Iguaçu. O vice-governador Darci Piana recebeu a comitiva internacional para assinatura de um Memorando de Entendimento entre a Invest Paraná e a Invest Alberta, agência que desempenha o mesmo papel de atração de negócios para a província canadense.

“Espero que depois da assinatura desse memorando a gente consiga boas relações e bons negócios. Já temos um bom relacionamento com o Canadá, inclusive devemos ter mais estudantes de intercâmbio lá pelo programa Ganhando o Mundo, além da primeira viagem dos nossos professores para conhecerem a educação canadense”, destacou. “Esse memorando entre Invest Paraná e Invest Alberta é o início de um grande acordo para trazer empresas de lá para cá e também levar as nossas empresas para lá, além de iniciarmos grandes cooperações de inovação”.

A diretora operacional da Invest Alberta, Lynette Tremblay, explicou que a província canadense começou relações de cooperação com o Brasil há apenas um ano e que com o memorando assinado nesta quarta vai agora estender ainda mais essa relação a partir do Paraná. “Estamos muito satisfeitos com essa nova oportunidade de cooperação, agora com o Paraná. Há muitas similaridades entre Alberta e o Paraná. Também estamos internacionalizando nossa economia. Portanto, esperamos vir mais vezes para cá”, disse.

O diretor-geral da Secretaria de Estado da Indústria, Comércio e Serviços (Seic), Christiano Puppi, que representou o secretário Ricardo Barros na reunião, afirmou que o memorando é uma oportunidade de abrir ainda mais o mercado canadense ao Paraná. O governador Carlos Massa Ratinho Junior esteve no país norte-americano em uma missão comercial neste ano.

“Uma das principais similaridades entre a província de Alberta e o Paraná é a sustentabilidade, algo que levamos muito a sério aqui e que eles são fortes lá. Além disso, temos a internacionalização do Estado, as concessões, o desenvolvimento da infraestrutura, enfim, temos muito a oferecer para o mundo inteiro”, afirmou. 

O presidente da Fundação Araucária, Ramiro Wahrhaftig, lembrou que a entidade foi recebida ano passado pela Invest Alberta para discutir intercâmbio de inovações tecnológicas. Segundo o presidente do órgão de desenvolvimento científico e tecnológico do Estado, as possibilidades de cooperações na área tecnológica aumentam com a assinatura do memorando. “Alberta tem um dos mais importantes hubs globais de inteligência artificial. Também podemos evoluir nas cooperações de bioeconomia, energias renováveis, em especial o hidrogênio verde e hidrocarbonatos renováveis. Esperamos daqui para frente consolidar essa relação com muito mais força”, disse. 

O diretor de Relações Internacionais e Institucionais da Invest Paraná, Giancarlo Rocco, destacou que a economia do Paraná é parecida com a da província de Alberta, o que abre oportunidades de negócios, com setores como agronegócio e indústria do bem-estar fortes. Além disso, o Canadá é um mercado que serve de porta de entrada para a América do Norte. Por isso a importância de se estreitar relacionamentos comerciais. 

“Estamos trazendo a Invest Alberta para que eles enxerguem o potencial das empresas paranaenses. O potencial do Paraná não está só das empresas, mas também no ambiente de negócios”, disse. “O empresário daqui tem que levar em conta que o Canadá é um mercado amplo e promissor, mas com facilidade para se investir. Por isso é a porta de entrada para a América do Norte”. 

Logo após a assinatura do memorando no Palácio Iguaçu, o grupo canadense foi recebido pelo prefeito de Curitiba, Rafael Greca, e secretário estadual de Cidades, Eduardo Pimentel, para a assinatura do Protocolo de Intenções entre a Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação e a CBBC, marcando a primeira ação de promoção da capital pela Invest Curitiba, com participação do Invest Alberta.

A comitiva canadense visita ainda pontos de programas de smart city da prefeitura e atores do ecossistema de inovação da cidade, o Vale do Pinhão, como incubadoras e aceleradoras, além da Federação das Indústrias do Paraná (Fiep).

E acontece uma rodada de negócios entre cerca de 50 empresas paranaenses e instituições canadenses na sede do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) mediadas pela Invest Paraná, Invest Alberta e CCBC. 

Além das empresas, participam da rodada do lado paranaense a Invest Paraná, o BRDE, a Federação das Indústrias do Estado do Paraná (FIEP), a Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação e o Sebrae-PR. Do lado canadense, representantes da Invest Alberta, Universidade de Alberta, Câmara de Comércio Brasil-Canadá, Edmonton Global (agência de negócios internacionais da capital da província canadense), Ford McMurray Wood Buffalo (distrito ao Norte de Alberta) e Applied Pharmaceutical Innovation (organização sem fins lucrativos que trabalha com institutos acadêmicos e de saúde no Canadá). 

A comitiva canadense fecha a estadia no PR com visita técnica ao Parque Tecnológico de Itaipu (PTI), além de reunião com a Associação Comercial e Empresarial de Foz do Iguaçu (ACIFI) e com a Fundação Araucária.

Pelo Paraná, participaram da assinatura do memorando os secretários de Planejamento, Guto Silva; de Inovação, Modernização e Transformação Digital, Marcelo Rangel; o diretor-presidente da Sanepar, Claudio Stabile; e o diretor-presidente do Tecpar, Celso Kloss. a reunião ainda contou com representantes da Câmara de Comércio Brasil-Canadá.

Últimas Notícias

Utilização da capacidade instalada despenca para 58%, o menor nível mensal da história da química nacional

De acordo com os dados da amostra do Relatório de Acompanhamento Conjuntural (RAC), o índice de utilização da capacidade instalada da indústria química brasileira...

FPSO Bacalhau – Primeiro FPSO Novo do Mundo com Notação DNV Abate

A Modec comunica que o FPSO Bacalhau recebeu a Aprovação em Princípio (AiP) para Notação de Redução da sociedade de classificação DNV, tornando-se o...

ADNOC implanta a primeira solução de IA RoboWell da AIQ em operações offshore

A ADNOC anunciou a implantação do RoboWell, a solução pioneira de controle de poços autônomos de inteligência artificial (IA) da AIQ, em suas operações...