Neoenergia Cosern anuncia plano de investimento até 2027

A Neoenergia Cosern anunciou o maior plano de investimento já realizado pela distribuidora no Rio Grande do Norte. Serão mais de R$ 2,1 bilhões em obras no sistema elétrico potiguar entre 2024 e 2027. Esse valor representa um incremento de 18% em comparação com o quadriênio anterior e fomentará o desenvolvimento econômico e social do estado. Os recursos irão assegurar mais continuidade e confiabilidade de energia para os clientes residenciais e setores diversos da economia local como a indústria, mineração, comércio, turismo e serviços.

O plano de investimento 2024-2027 foi apresentado pelo CEO da Neoenergia, Eduardo Capelastegui, e pela diretora presidente da Neoenergia Cosern, Fabiana Lopes, à governadora Fátima Bezerra, na sede da Governadoria, em Natal. Políticos, presidentes de associações e federações representativas do setor produtivo, empresários, diretores de instituições do terceiro setor e membro do Conselho de Consumidores também participaram do evento.

“Os investimentos recordes anunciados têm a finalidade de consolidar a Neoenergia Cosern como a melhor distribuidora do Brasil. A empresa se tornou referência no setor elétrico brasileiro e manter o patamar de excelência conquistado ao longo dos anos exige uma estratégia eficiente de investimentos e gestão operacional. Hoje, reiteramos nossa disposição em renovar esse compromisso com o estado do Rio Grande do Norte e com a população potiguar”, afirmou Eduardo Capelastegui, CEO da Neoenergia.

Os recursos anunciados contemplam obras e melhorias no sistema elétrico potiguar a partir deste ano. Para 2024, estão previstos investimentos que somam mais de R$ 434 milhões distribuídos em todas as regiões do estado. Até 2027, serão construídos 196 quilômetros de novas linhas de alta tensão, além de quatro novas subestações elétricas em Extremoz, Natal, São Gonçalo do Amarante e Upanema. Outras 22 subestações elétricas distribuídas por todo o estado passarão por modernização no período.

Hoje, o Rio Grande do Norte entra em um novo patamar no que diz respeito à distribuição de energia elétrica. Os recursos anunciados pelo nosso CEO, Eduardo Capelastegui, somado ao trabalho incansável do nosso time em busca da excelência nos quatro cantos do estado, proporcionará, aos nossos clientes residenciais e ao setor produtivo, acesso a uma energia com ainda mais qualidade. Isso atrairá mais empresas, abrirá mais vagas de trabalho, ampliará a equidade de gênero e contribuirá para o desenvolvimento social de comunidades locais”, ressaltou Fabiana Lopes, diretora presidente da Neoenergia Cosern.

“Será o maior investimento do Grupo Neoenergia no nosso estado e isso será muito bem-vindo. Irá fomentar o desenvolvimento social e econômico do nosso estado. A Neoenergia Cosern é uma empresa estratégica para o Rio Grande do Norte, um ativo fundamental para todas as regiões. O nosso estado tem um grande potencial na geração de energia renovável e foi a Iberdrola, grupo ao qual pertence a Neoenergia, o primeiro grupo privado a investir na geração eólica no nosso estado”, declarou Fátima Bezerra, governadora do Rio Grande do Norte

O plano estratégico foi estruturado com base em estudos e projeções acerca das necessidades energéticas atuais e futuras do estado. A Neoenergia Cosern segmentou os investimentos de acordo com as regiões do Rio Grande do Norte e direcionou as obras conforme as necessidades específicas de cada localidade.

No oeste do estado, onde estão localizados 62 municípios, a distribuidora concentrará esforços para aumentar a oferta de energia e acompanhar as expansões do agronegócio, da fruticultura irrigada, da produção de petróleo, sal e cimento na região. Serão investidos, entre 2024 e 2027, cerca de R$ 650 milhões na construção de linhas de transmissão e subestação elétrica, por exemplo.

Para o agreste potiguar, que conta com 43 cidades, serão destinados cerca de R$ 300 milhões em obras de reforço da rede elétrica e expansão da infraestrutura para entregar energia com maior confiabilidade aos moradores locais. Nessa região, estão cidades que se tornaram destinos turísticos como Monte das Gameleiras e Serra de São Bento.

No leste, onde está a capital, Natal, além das praias de São Miguel do Gostoso e Pipa, o planejamento realizado pela Neoenergia Cosern prevê a utilização de aproximadamente R$ 750 milhões entre 2024 e 2027 na ampliação do número de alimentadores, linhas de transmissão e novas subestações elétricas, além da modernização de ferramentas e da frota.

Para a região central, onde estão cidades como Galinhos e Caicó, por exemplo, estão previstos R$ 400 milhões para a ampliação do número de alimentadores e linhas de transmissão, entre outros serviços de infraestrutura e tecnologia.

Essas obras de expansão e reforço da rede elétrica serão desenvolvidas pelos profissionais da distribuidora, além de empresas terceirizadas, visando fortalecer o sistema que atende o Rio Grande do Norte.

Últimas Notícias

Rockwell Automation em parceria com NVIDIA impulsiona o desenvolvimento de robôs móveis industriais com IA

A Rockwell Automation anuncia novas colaborações com a NVIDIA para impulsionar o desenvolvimento de robôs móveis industriais, mais seguros e inteligentes, com Inteligência Artificial...

Primeira fábrica de inversores de energia solar do Brasil

A Livoltek, empresa do Hexing Group, inaugurou a primeira fábrica de inversores de energia solar da América Latina na Zona Franca de Manaus (ZFM)....

GT PA-DIN apresenta extensões ao padrão com lançamento da versão 1.1

Os coproprietários do Process Automation Device Information Model (PA-DIM), incluindo FDT Group, FieldComm Group, ISA 100 WCI, NAMUR, ODVA, OPC Foundation, PROFIBUS e PROFINET...