Petrobras contrata Ocyan para revitalizar malha de gás da bacia de Campos


A Ocyan conquistou um contrato para executar a revitalização da malha de gás da Petrobras na Bacia de Campos. A novidade marca a expansão da companhia em projetos de EPCI offshore, que inclui  engenharia, fabricação, aquisição e instalação de equipamentos. Este contrato, realizada por meio de um consórcio, marca a volta da Ocyan em contratos EPCI de Construção Submarina e essa será a primeira vez que a Ocyan liderará um projeto desse tipo, numa parceria 50/50 com a companhia portuguesa Mota-Engil, que conta com grande atuação internacional, especialmente na Europa e África. O contrato terá duração estimada de quatro anos e meio.

A atividade offshore será realizada junto às plataformas de Namorado e Garoupa (PNA-1 e PGP-1), e incluirá a instalação de diversos equipamentos submarinos incluindo manifolds, e instalação de dutos flexíveis.

“O contrato com a Petrobras marca de forma determinante esse novo momento da Ocyan, reflete a nossa solidez como companhia e consolida-nos, definitivamente, como referência em prestação de serviços para a indústria de óleo e gás. O negócio de gás abrirá grandes oportunidades para o mercado brasileiro nos próximos anos e a Ocyan está atenta e pronta para esse tipo de trabalho”, avalia Jorge Mitidieri, vice-presidente executivo da Unidade de Serviços Integrados da Ocyan.

Atualmente, a produção de gás da Bacia de Campos é escoada por quatro ramais que passam pelas plataformas de Namorado (PNA-1) e Garoupa (PGP-1) e seguem para terra através de três gasodutos de exportação. Com a desativação destas plataformas, o gás da Petrobras terá que contornar essas unidades por meio da instalação de dois manifolds submarinos e respectivas interligações ao sistema submarino existente.

“O contrato EPCI vai trazer robustez técnica para a área de construção submarina da Ocyan, já que desenvolveremos disciplinas de engenharia, fabricação e qualidade, e isso nos dará capacidade de buscar projetos de maior complexidade no futuro”, explica Rafael Guigon, diretor de contrato de Construção Submarina da Ocyan.

A primeira etapa do projeto, que compreende a fase de engenharia, deverá ser iniciada imediatamente, e a expectativa é que a campanha offshore tenha início em 2025. A execução do projeto de revitalização da malha da Bacia de Campos prevê a contratação de profissionais, especialistas e técnicos de diversas áreas.

Últimas Notícias

Fortalecendo a prevenção e o enfrentamento à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

A Vibra, maior distribuidora de combustíveis e lubrificantes do Brasil, está comprometida com a causa social de "Enfrentamento à Exploração Sexual de Crianças e...
advertisementspot_img

Busch do Brasil expande seu portfólio com produtos da Pfeiffer Vacuum

A Busch do Brasil Ltda., uma subsidiária integral da Busch SE, anunciou expansão de seu portfólio: está assumindo a distribuição e o serviço dos produtos...

Identificação padronizada para segurança do alimento

Uma nova forma de identificar produtos no varejo, que transforma a rotina dos consumidores e os processos de automação das empresas da cadeia de...