Prefeitura do Rio e Universidade de Columbia recebem pesquisadores estudar clima e meio ambiente da cidade


A Prefeitura do Rio e a Universidade de Columbia, sediada em Nova York, por meio do Columbia Global Centers Rio e do Climate Hub Rio – seu centro de estudos dedicado ao clima localizado no Rio de Janeiro – estão recebendo acadêmicos, pesquisadores, professores, estudantes de doutorado e pós-doutorado da universidade. Eles submeteram propostas para pesquisas voltadas ao clima e meio ambiente no Brasil, com especial atenção ao Rio de Janeiro.  

O Centro de Operações Rio (COR) recebeu na última quinta-feira (01/02), duas das principais autoridades mundiais sobre mudanças climáticas e meio ambiente, ambos acadêmicos de Columbia: o pesquisador sênior norte-americano Michael Burger e a doutora brasileira, que atua em Nova York, Maria Antonia Tigre. No encontro, além de conhecer as políticas públicas verdes do Rio, ambos se reuniram com os responsáveis técnicos pela elaboração do Plano de Desenvolvimento Sustentável e Ação Climática da cidade.

A iniciativa é fruto de convênio, com foco na questão ambiental e climática, entre a Prefeitura do Rio e a instituição de ensino norte-americana, através do Columbia Global Centers Rio, sua representação na cidade. Todos os selecionados que chegam ao Rio de Janeiro participam de visitas, debates e trabalham com instituições brasileiras. 

– É uma parceria importante para a cidade. Alguns dos maiores especialistas em clima do mundo deixarão um legado para o município que não tem preço. Eles trocam informações com servidores municipais e vão produzir estudos climáticos específicos sobre o Rio de Janeiro – afirmou o secretário municipal da Casa Civil, Eduardo Cavaliere. 

O programa foi inaugurado no início deste ano, com a chegada de OreOluwa Badaki, Ph.D pela Universidade da Pensilvânia e pós-doutoranda da Universidade de Columbia, que se reuniu com a Secretária de Meio Ambiente e Clima, Tainá de Paula, e com o corpo técnico à frente do Plano de Desenvolvimento Sustentável e Ação Climática do Rio. Responsável por um trabalho proeminente na área de educação ambiental, OreOluwa chegou ao Rio para desenvolver a pesquisa “Ampliando a Educação e Comunicação sobre Mudanças Climáticas no Brasil”. Antes do seu doutorado, a Ph.D foi pesquisadora na Organização das Nações Unidas, com foco na educação para o desenvolvimento sustentável.

Michael Burger é o diretor executivo do Centro Legislação sobre Mudanças Climáticas, pesquisador sênior e professor de direito da Universidade de Columbia. A doutora Maria Antonia é diretora de Litígios sobre Mudanças Climáticas Globais no Sabin Center, também da Universidade. Uma das maiores referências em legislação e litígios climáticos do mundo, Burger lidera uma equipe dinâmica de advogados que trabalham em oito áreas programáticas para combater as mudanças climáticas. Seu trabalho de pesquisa e advocacia é focado em estratégias legais para reduzir as emissões de gases de efeito estufa e promover a adaptação às mudanças climáticas através do controle da poluição, gestão de recursos, planejamento de uso do solo e finanças verdes.

“O Brasil é um formulador de políticas de importância global na área climática. Estamos entusiasmados com a oportunidade de expandir e aprofundar nossas parcerias com acadêmicos e profissionais focados em leis e políticas climáticas no Brasil” afirma Burguer sobre os objetivos de sua pesquisa no Rio de Janeiro.

“Receber esses pesquisadores e incentivá-los a aprofundar seus conhecimentos sobre as questões climáticas enfrentadas pelo nosso país e, principalmente, pela cidade do Rio é uma grande honra. Esse projeto é extremamente significativo, não apenas para nós, mas para toda a comunidade climática da Universidade de Columbia. Nosso maior objetivo é promover a colaboração entre Columbia e o Brasil, e poder fazer isso por meio de pesquisas nos deixa muito orgulhosos”, disse Thomas Trebat, diretor do Columbia Global Centers Rio 

O movimento marca mais um passo na parceria entre a Prefeitura do Rio e a Universidade de Columbia, que completa 10 anos, desde a inauguração do Columbia Global Centers Rio. Além disso, se soma ao longo histórico de protagonismo da pauta climática na cidade, que foi sede da Eco 92, do Rio+20 e, em 2024, sediará, a reunião de cúpula do G20 – formado pelas maiores economias do mundo.

Últimas Notícias

Fortalecendo a prevenção e o enfrentamento à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

A Vibra, maior distribuidora de combustíveis e lubrificantes do Brasil, está comprometida com a causa social de "Enfrentamento à Exploração Sexual de Crianças e...
advertisementspot_img

Busch do Brasil expande seu portfólio com produtos da Pfeiffer Vacuum

A Busch do Brasil Ltda., uma subsidiária integral da Busch SE, anunciou expansão de seu portfólio: está assumindo a distribuição e o serviço dos produtos...

Identificação padronizada para segurança do alimento

Uma nova forma de identificar produtos no varejo, que transforma a rotina dos consumidores e os processos de automação das empresas da cadeia de...