Schneider Electric e Phoenix Contact apostam na automação universal


A Schneider Electric anunciou a integração perfeita da sua solução EcoStruxure Automation Expert com a tecnologia PLCnext da Phoenix Contact. Este desenvolvimento significativo impulsiona o mundo industrial em direção à automação aberta e definida por software.

Esta colaboração proporciona aos operadores industriais uma eficiência incomparável em engenharia e manutenção através de fácil portabilidade e interoperabilidade de aplicações. Gerenciado pela UniversalAutomation.org, uma associação independente e sem fins lucrativos, o mecanismo de execução de tempo de execução compartilhado, aderindo ao padrão IEC 61499, promove um ecossistema de aplicativos de software de automação que funcionam independentemente do hardware subjacente. Este avanço na automação definida por software permite que entidades industriais amalgamem diversas soluções de automação, libertando-se das restrições de sistemas proprietários fechados.

O EcoStruxure Automation Expert, um sistema centrado em software totalmente aberto e interoperável, foi engenhosamente criado para dissociar o software de automação do hardware. Ele integra perfeitamente soluções de diversos fornecedores de automação, oferecendo liberdade incomparável para empresas industriais, bem como agilidade e simplicidade avançadas para integradores de sistemas e OEMs na área de automação industrial. Agora, as empresas industriais podem ativar os controladores PLCnext da Phoenix Contact com o tempo de execução UniversalAutomation.org, facilitando o desenvolvimento e a implantação de aplicações em um ou mais controladores PLCnext usando o EcoStruxure Automation Expert.

A transição para a automação definida por software é cada vez mais crítica.

Andrew Vanderpool, engenheiro de projetos sénior da Phoenix Contract e copresidente do Grupo de Trabalho Técnico da OPAF, comenta a colaboração com a Schneider Electric: “Esta parceria sublinhou a natureza flexível e aberta da tecnologia PLCnext, avançando a nossa abordagem coletiva à automação universal.”

Fabrice Jadot, vice-presidente sênior da Schneider Electric, acrescenta: “Esta implementação demonstra a viabilidade e os benefícios das soluções de automação que funcionam de forma eficiente em diversos sistemas, oferecendo maior flexibilidade no nosso cenário digital em rápida mudança. Todo o potencial da Indústria 4.0 só pode ser concretizado através de esforços colaborativos, com parceiros trabalhando juntos em arquiteturas abertas para influenciar positivamente as operações industriais.”

Últimas Notícias

Utilização da capacidade instalada despenca para 58%, o menor nível mensal da história da química nacional

De acordo com os dados da amostra do Relatório de Acompanhamento Conjuntural (RAC), o índice de utilização da capacidade instalada da indústria química brasileira...

FPSO Bacalhau – Primeiro FPSO Novo do Mundo com Notação DNV Abate

A Modec comunica que o FPSO Bacalhau recebeu a Aprovação em Princípio (AiP) para Notação de Redução da sociedade de classificação DNV, tornando-se o...

ADNOC implanta a primeira solução de IA RoboWell da AIQ em operações offshore

A ADNOC anunciou a implantação do RoboWell, a solução pioneira de controle de poços autônomos de inteligência artificial (IA) da AIQ, em suas operações...