Shell e Braskem levam produtos certificados para o mercado norte-americano


A Shell Chemicals iniciou recentemente o fornecimento para a Braskem de matérias-primas bioatribuídas e biocirculares de propileno, com abordagem certificada de Balanço de Massa. 

A Braskem utilizará essas matérias-primas para a fabricação de polipropileno bioatribuído e biocircular, possibilitando opções mais sustentáveis para a crescente demanda dos consumidores nos mercados de embalagens, filmes, automotivo e de bens de consumo.

Mark Nikolich, vice-presidente de olefinas e poliolefinas da Braskem América do Norte, afirmou: “A Braskem é líder em inovação e produção de materiais renováveis e continuamos a ver o crescimento da demanda por mais soluções sustentáveis em nossos mercados. Em janeiro de 2023, comunicamos a avaliação de um projeto liderado pela Braskem para produzir propeno renovável nos EUA.  Com este anúncio, continuaremos a concentrar nosso trabalho em fontes de propileno sustentável, neste caso, bioatribuído e biocircular, para apoiar nossos clientes de polipropileno no cumprimento de suas metas de redução de carbono e circularidade. Isso é possível graças a fornecedores com olhar para o futuro, como a Shell.  Em última análise, acreditamos que essas diferentes soluções renováveis são passos complementares e importantes à medida que a indústria de plásticos evolui para um futuro mais sustentável. Continuaremos a desenvolver e fornecer soluções para apoiar nossos clientes no mundo todo a atingir suas metas de sustentabilidade.”

A Shell está substituindo a matéria-prima de hidrocarbonetos por uma matéria-prima bioatribuída e biocircular no seu produto de propileno, que tem o potencial de reduzir os gases de efeito estufa e contribuir para uma economia circular.  

“A Shell se orgulha de trabalhar com a Braskem para fornecer as matérias-primas biocirculares que fazem parte dos produtos do dia a dia que apoiam a vida moderna.  Este acordo ilustra ainda mais como a Shell Chemicals está aumentando o seu portfólio de produtos químicos sustentáveis e, ao utilizar matérias-primas bioatribuídas e biocirculares, a Shell está progredindo na sua estratégia para reduzir as emissões de gases de efeito estufa e ser uma empresa de energia com neutralidade de carbono até 2050”, disse Sean Clarry, vice-presidente sênior comercial da Shell Chemicals.

A recente colaboração entre a Shell e a Braskem na Europa, com o objetivo de aprimorar a utilização de conteúdo circular na produção de polipropileno da Braskem, reforça o compromisso da Braskem em alcançar a neutralidade de carbono e avançar em suas metas de economia circular até 2050.

A Shell também estabeleceu a meta de reduzir as emissões absolutas em 50% até 2030, em comparação com os níveis de 2016. Isso abrange todas as emissões do Escopo 1, que vêm diretamente de suas operações, e do Escopo 2, da energia que a Shell compra para executar suas operações, sob seu controle operacional.Balanço de massa é um processo contábil independente e amplamente utilizado em toda a indústria que permite à Shell atribuir conteúdo biocircular e bioatribuído a produtos finais específicos quando produzidos com uma mistura de matérias-primas tradicionais e novas. O processo é verificado de forma independente por um órgão de certificação terceirizado.

Últimas Notícias

Recap lança campanha de combate a fraudes no setor de combustíveis

As fraudes no setor de combustíveis afetam não apenas a concorrência leal entre as empresas, mas toda a sociedade, ao retirar recursos de áreas...
advertisementspot_img

Prêmio DowGOL reconhece os melhores fornecedores logísticos 

A Dow Brasil anunciou os vencedores da 18ª edição do Prêmio DowGOL que reconhece e promove as melhores práticas de fornecedores logísticos. O evento...

Sabesp é finalista de maior prêmio do mundo no setor de biogás

A Sabesp é finalista do AD and Biogas Industry Award 2024, a maior premiação do mundo no setor de biogás. A Companhia concorre na...