SP Offshore discute o desenvolvimento da Bacia de Santos


Nos dias 11 e 12, em Santos-SP, mais de 600 profissionais se reuniram para discutir o potencial do setor e o desenvolvimento de toda a cadeia de negócios do óleo & gás na SP Offshore, evento promovido pelo Brenc – Brazilian Energy Council e apoiado pela Equinor, Modec, SBM, Petrobras, MDE Brazil, EVO Human Safety e outras.

“SP é a locomotiva do país e essa locomotiva está indo para o mar” Assim abriu o evento Eduardo Varella, CEO da EVO Human Safety e diretor do Brenc. “Estamos reunidos aqui moldando o futuro do setor de óleo e gás, impulsionando o desenvolvimento econômico e tecnológico da região. Vivemos um cenário de oportunidades e acreditamos no desenvolvimento sustentável, o que nos levou a realizar esse encontro que é mais que um evento, é um movimento.

Representando o Governador Tarcísio de Freitas, o secretário de desenvolvimento do estado de São Paulo, Jorge Lima, participou da abertura do evento e destacou que o setor de petróleo e gás é um dos pilares estratégicos de desenvolvimento regional da Baixada Santista e do Porto de São Sebastião. “O Estado de SP tem como objetivo fortalecer esta indústria e esse é o momento de pedir ajuda aos empresários. Temos uma equipe multidisciplinar no Governo, envolvendo a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente, Secretaria de PPI e InvestSP seguindo uma diretriz clara do Governador Tarcísio para este tema. Estão trabalhando nisso verdadeiros gênios como Thiago Camargo, Maria Barros, Rafael Benini e tantos outros. Temos muitos talentos, gente fora da curva. E esse é o momento porque estão alinhados três poderes para fazer esse setor ainda maior – prefeitura, governo do estado e governo federal. Queremos que o BRENC trabalhe conosco na elaboração de um plano de curto , médio e longo prazo. Esta indústria é uma prioridade no nosso governo”.

Felipe Matoso, gerente geral de E&P da UBS, e Dimitrios Magalhães, gerente de manutenção da UBS, contaram a trajetória da Petrobras na Baixada Santista incluindo o desenvolvimento dos campos e o que se pode esperar para os próximos anos.
Os painéis trouxeram temas fundamentais para o setor e foram apresentados por importantes representantes da cadeia como Marcelo Mafra (Ocyan), Lourenço Morucci (PRIO), Paulo Henrique Van der Vem (Equinor), José Mauro Ferreira (BRENC), Hudson Gomes Carvalho (Petrobras), Aroldo Junior (Techocean), Eduardo Takahashi (WTW) e outros. O evento contou ainda com rodada de negócios e discussão sobrea responsabilidade Social, Inclusão e Lideranças Femininas no desenvolvimento do Oil & Gas Offshore Paulista.

Foi uma boa oportunidade para interagir com a cadeia de suprimentos do setor – lembrando que São Paulo coloca mais de 57mil fornecedores cadastrados nos negócios da Petrobras. O evento contou com uma pequena exposição de produtos e serviços para o setor de petróleo e gás.

Últimas Notícias

Utilização da capacidade instalada despenca para 58%, o menor nível mensal da história da química nacional

De acordo com os dados da amostra do Relatório de Acompanhamento Conjuntural (RAC), o índice de utilização da capacidade instalada da indústria química brasileira...

FPSO Bacalhau – Primeiro FPSO Novo do Mundo com Notação DNV Abate

A Modec comunica que o FPSO Bacalhau recebeu a Aprovação em Princípio (AiP) para Notação de Redução da sociedade de classificação DNV, tornando-se o...

ADNOC implanta a primeira solução de IA RoboWell da AIQ em operações offshore

A ADNOC anunciou a implantação do RoboWell, a solução pioneira de controle de poços autônomos de inteligência artificial (IA) da AIQ, em suas operações...