Veolia instala placas solares para gerar energia elétrica em suas operações


A Veolia, líder mundial em soluções ambientais, está instalando painéis fotovoltaicos em três de seus Centros de Gerenciamento de Resíduos (CGR), no Brasil. O projeto está sendo implantado nas operações de Brusque e Blumenau, em Santa Catarina, e na capital paulista. A iniciativa faz parte dos planos de descarbonização da companhia, que investe em projetos que utilizam energia renovável em suas operações. ‍    
Ao todo, serão instalados 779 painéis nos três CGRs, que funcionarão no modelo de minigeração distribuída, e terão capacidade para gerar 550 mil kWh por ano, o suficiente para abastecer cerca de 458 casas, com consumo médio mensal de 100 KWh.

“Este é um projeto em desenvolvimento, mas que já aponta resultados significativos para a mudança de cultura energética que estamos propondo em nossas operações. A médio prazo, teremos benefícios incalculáveis e outras placas serão incorporadas ao projeto até tornar todos os nossos CGRs autossustentáveis, além de transformar nossas operações em Parques Tecnológicos Ambientais, integrando diversas tecnologias em um só local”, afirma Francisco Dal Rio, Diretor de Operações da Veolia.

No CGR Blumenau, quase a metade da energia consumida será proveniente de painéis fotovoltaicos, reduzindo o consumo da rede de energia em cerca de 50%. Recém ingressado no mercado livre, o CGR deixará de consumir diesel no horário de ponta e passará a utilizar 100% de energia renovável. Já nos CGRs de Brusque e São Paulo, a energia consumida proveniente das placas fotovoltaicas será em menor proporção do que a resultante da concessionária de energia.

“Queremos descarbonizar nossas operações para também oferecer a solução aos nossos clientes. Desta forma, conseguiremos mostrar o que é possível de ser feito. Esse projeto cria independência energética aos nossos negócios, podendo gerar a nossa própria energia, algo que hoje tem sido implantado na indústria e nas residências”, explica Tamely Floriani, Gerente do CGR Blumenau. 

A médio prazo, o projeto tornará os CGRs administrados pela Veolia autossustentáveis, uma vez que serão capazes de produzir a própria energia a partir de fontes renováveis, promovendo a descarbonização de suas operações. As unidades da Veolia no Brasil que estão no mercado livre poderão atuar como clientes e fornecedores, comprando energia da própria Veolia ou de outro fornecedor. Os resultados obtidos com a iniciativa servirão de benchmark para os clientes da Veolia, que hoje atende mais de 10 mil clientes industriais e comerciais de diferentes setores.

Últimas Notícias

Rockwell Automation em parceria com NVIDIA impulsiona o desenvolvimento de robôs móveis industriais com IA

A Rockwell Automation anuncia novas colaborações com a NVIDIA para impulsionar o desenvolvimento de robôs móveis industriais, mais seguros e inteligentes, com Inteligência Artificial...

Primeira fábrica de inversores de energia solar do Brasil

A Livoltek, empresa do Hexing Group, inaugurou a primeira fábrica de inversores de energia solar da América Latina na Zona Franca de Manaus (ZFM)....

GT PA-DIN apresenta extensões ao padrão com lançamento da versão 1.1

Os coproprietários do Process Automation Device Information Model (PA-DIM), incluindo FDT Group, FieldComm Group, ISA 100 WCI, NAMUR, ODVA, OPC Foundation, PROFIBUS e PROFINET...