Alvopetro anuncia resultado da redeterminação da Unidade Caburé


A Alvopetro Energy Ltd. anunciou os resultados do processo de redeterminação da Unidade Caburé em que o especialista independente nomeado se pronunciou a favor da proposta final da Alvopetro, aumentando a participação da Alvopetro para 56,2%.

A descoberta de gás natural da Alvopetro em Caburé se estende por dois blocos de propriedade da Alvopetro (Blocos 197 e 198) e dois blocos adjacentes de propriedade de terceiros (Blocos 211 e 212). De acordo com a legislação brasileira, as acumulações de petróleo abrangendo dois ou mais blocos licenciados devem passar por unitização (pooling), a fim de promover exploração e desenvolvimento eficientes e justos. Em abril de 2018, a Alvopetro e o proprietário do recurso adjacente finalizaram os termos do Contrato Operacional da Unidade (“UOA”), do plano de desenvolvimento da unidade e de todos os acordos relacionados, com a participação inicial da Alvopetro na área unitizada/Unidade sendo 49,1% e a parceira Alvopetro 50,9% sendo nomeada operadora inicial. Nos termos da UOA, a divisão dos juros de trabalho está sujeita a redeterminações. A primeira redeterminação deveria ocorrer 18 meses após a Alvopetro ter iniciado as alocações de produção, mas as partes concordaram em adiar a redeterminação para incluir dados até 31 de outubro de 2023.

De acordo com as disposições da UOA, as partes concordaram que a redeterminação seria avaliada pelo Perito. De acordo com as disposições da UOA, quando um Especialista for contratado, a determinação do Especialista será feita usando o que é comumente referido como o método “pêndulo” de resolução de disputas. De acordo com este método, o Especialista não é obrigado ou autorizado a fornecer sua própria interpretação, mas é obrigado a selecionar a única Proposta Final (entre as respectivas Propostas Finais dos dois parceiros), que, na opinião do Especialista, fornece o resultado mais tecnicamente justificado da aplicação das informações, dados e materiais relevantes fornecidos ao Especialista, consistentes com a UOA e todos os acordos relacionados.

A UOA e acordos relacionados exigem que qualquer redeterminação do interesse de trabalho para cada parte seja baseada na recuperação final estimada de todo o gás natural, líquidos de gás natural e petróleo bruto que se projetam para serem recuperados da Unidade a partir da primeira produção (“Unidade Volumes Recuperáveis”) com base na melhor estimativa. Para fins de redeterminação, cada parte apresentou sua proposta quanto aos Volumes Recuperáveis ​​Unitários para esse fim e a proposta de participação operacional redeterminada para cada parte após a redeterminação. Os Volumes Recuperáveis ​​da Unidade não são determinados de acordo com os padrões contidos no Manual Canadense de Avaliação de Petróleo e Gás (o “Manual COGE”) ou com os padrões do Instrumento Nacional 51-101 (“NI 51-101”) e a participação remanescente da Alvopetro nesses Volumes Recuperáveis ​​da Unidade não concordarão com reservas conforme divulgadas pela Alvopetro para fins da NI 51-101.

A Alvopetro recebeu a decisão final do Perito indicando a aceitação da Proposta Final, o que resulta no aumento da participação operacional da Alvopetro na Unidade de 49,1% para 56,2% com base nos Volumes Recuperáveis ​​da Unidade.

Volumes Recuperáveis ​​da Unidade (Gás Natural)Alvopetro CompartilharCompartilhamento de parceiros terceirizados
Total milhões de m 31.518,41.181,8
Bcf total53,641,7

Até 31 de dezembro de 2023, a Alvopetro recebeu 470,9 milhões de m 3 (16,6 Bcf) de entregas de gás natural da Unidade. Com base nos juros redeterminados acima, o direito remanescente da Alvopetro aos Volumes Recuperáveis ​​Unitários a partir de 31 de dezembro de 2023 é de 1.047,5 milhões de m 3 (37,0 Bcf ou 6.165 Mboe). 

Direito Restante (Gás Natural)
(31 de dezembro de 2023)
Alvopetro Compartilhar
MMm3 )
Volumes recuperáveis ​​da unidade (recuperação final esperada)1.518,4
Produção de gás natural alocada a 31 de dezembro de 2023(470,9)
Direito restante em 31 de dezembro de 2023 – MMm 31.047,5
Direito restante em 31 de dezembro de 2023 – Bcf37,0
Direito restante em 31 de dezembro de 2023 – Mboe6.165

O direito restante da Alvopetro aos Volumes Recuperáveis ​​da Unidade de acordo com esta decisão de redeterminação é de 6.165 Mboe (em vigor em 31 de dezembro de 2023), o que contrasta com nossas reservas da Unidade Caburé divulgadas anteriormente em 31 de dezembro de 2023 e anunciadas em 26 de fevereiro de 2024 (com base nos 49,1% originais da Alvopetro juros) conforme refletido na tabela abaixo. Os dados de reservas e recursos abaixo (as “Reservas originais de 31 de dezembro de 2023 “) baseiam-se em uma avaliação e avaliação independente de reservas e recursos preparada pela GLJ Ltd. (“GLJ”) datada de 26 de fevereiro de 2024, com data efetiva em 31 de dezembro, 2023 (o “Relatório de Reservas e Recursos GLJ”).

Reservas originais de 31 de dezembro de 2023 (1),(2),(3) 
(Bruto da Empresa)
Total comprovado
(1P)
Total comprovado + provável
(2P)
Total Provado + Provável + Possível
(3P)
(Mboé)(Mboé)(Mboé)
Campo de Gás Natural Caburé – originalmente em 49,1%1.9953.7004.853
Campo de Gás Natural de Murucututu5824.5599.679
Campo Petrolífero de Bom Lugar126415622
Campo Petrolífero Mãe-da-lua233653
Reservas totais da empresa2.7278.71115.208

O avaliador independente de reservas da Alvopetro, GLJ, preparou uma avaliação atualizada das reservas em 31 de dezembro de 2023 (as “Reservas Pro-forma de 31 de dezembro de 2023 “) incorporando os juros de trabalho redeterminados de 56,2%, que é resumido a seguir (o ” Relatório Proforma GLJ”).

Pro-forma 31 de dezembro de 2023 Reservas (1),(2),(3)
(Bruto da Empresa)
Total comprovado
(1P)
Total comprovado + provável
(2P)
Total Provado + Provável + Possível
(3P)
(Mboé)(Mboé)(Mboé)
Campo de Gás Natural Caburé – em 56,2%2.6914.6385.968
Campo de Gás Natural de Murucututu5824.5599.679
Campo Petrolífero de Bom Lugar126415622
Campo Petrolífero Mãe-da-lua233653
Total da empresa – reservas pró-forma de 31 de dezembro de 20233.4239.64816.323
Total da Empresa – Reservas Originais em 31 de dezembro de 20232.7278.71115.208
Aumentar6969371.115

O direito restante da Alvopetro a volumes recuperáveis ​​unitários de 6,2 MMboe em 31 de dezembro de 2023 excede as reservas Pro-forma Caburé 1P e 2P de 31 de dezembro de 2023 da Alvopetro de aproximadamente 2,7 MMboe e 4,6 MMboe, respectivamente, mas é relativamente consistente com as reservas Pro-forma 3P de aproximadamente 6,0 MMboe. Os Volumes Recuperáveis ​​Unitários não foram preparados nem determinados de acordo com o Manual COGE ou NI 51-101 e o direito remanescente da Alvopetro a tais volumes em 31 de dezembro de 2023 é superior às Reservas Pro-forma de 31 de dezembro de 2023 atribuídas no novo trabalho redeterminado interesse. Tais diferenças surgem devido a diferentes níveis de certeza associados às diversas classes de reservas, mas também surgem devido a diferentes premissas utilizadas na determinação dos Volumes Recuperáveis ​​Unitários, principalmente no que diz respeito à extensão e recuperação final estimada dos reservatórios. O direito final da Alvopetro aos volumes de gás natural durante a vida do campo será baseado nos resultados do desenvolvimento futuro e no desempenho geral do reservatório.

De acordo com as disposições da UOA e acordos relacionados, espera-se que a participação operacional redefinida entre em vigor em 1º de junho de 2024. 

Nos termos do Acordo de Balanceamento de Gás entre a Alvopetro e o Parceiro Terceirizado, cada parte tem direito à sua parcela de participação operacional no gás natural produzido na Unidade mais qualquer gás natural não nomeado pela outra parte. A capacidade da Alvopetro de vender a produção incremental de gás natural após o aumento do nosso Direito de Levantamento dependerá da demanda da Bahiagas, nosso comprador.

Uma vez efetivada a participação operacional redeterminada, a Alvopetro terá o direito, conforme definido na UOA, de assumir a operação da Unidade.

Últimas Notícias

Fortalecendo a prevenção e o enfrentamento à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

A Vibra, maior distribuidora de combustíveis e lubrificantes do Brasil, está comprometida com a causa social de "Enfrentamento à Exploração Sexual de Crianças e...
advertisementspot_img

Busch do Brasil expande seu portfólio com produtos da Pfeiffer Vacuum

A Busch do Brasil Ltda., uma subsidiária integral da Busch SE, anunciou expansão de seu portfólio: está assumindo a distribuição e o serviço dos produtos...

Identificação padronizada para segurança do alimento

Uma nova forma de identificar produtos no varejo, que transforma a rotina dos consumidores e os processos de automação das empresas da cadeia de...