Calculadora da Tarifa de Gás Natural da Firjan aponta os estados com as tarifas mais altas e mais baixas para o consumidor industrial


A calculadora elaborada pela gerência de Petróleo, Gás e Naval da Firjan – Federação das Indústrias do Rio de Janeiro simula com a tarifa de gás natural e o valor total da fatura do consumidor por segmento – residencial, comercial, industrial e Gás Natural Veicular (GNV) – conforme a sua faixa de consumo e a última deliberação vigente em cada estado selecionado. Ao ser preenchido o consumo e o segmento, é calculado automaticamente o valor médio da tarifa de gás, possibilitando comparação em relação as 19 distribuidoras estaduais.

“Cada estado tem uma realidade própria de custos para o gás natural e a Calculadora é uma ferramenta importante na transparência e comparação para apoiar na calibração de políticas públicas e na melhoria da competitividade do gás natural no Rio de Janeiro e no país”, destaca o vice-presidente da Firjan, Luiz Césio Caetano. 

A Firjan lançou recentemente o “Perspectivas do Gás no Rio”, cujo estudo destaca que, além do recorde na produção nacional em 2023, frente ao ano anterior, o estado no Rio de Janeiro reforça a sua liderança na produção de gás, atingindo a marca recorde de 72% de toda a produção bruta do país e, também, recorde com 51% da produção disponível. Conforme o levantamento, a produção bruta de gás no Brasil foi de 145 MMm³/dia, entre janeiro e outubro de 2023, um crescimento de 5% frente a média de 2022 (138 MMm³/dia). 

“O gás natural é muito rico no estado do Rio e pode ser ainda mais para a sociedade fluminense e para o país. Mas, o preço ainda continua caro para a indústria. É necessário baixar o preço para valorizar ao máximo os recursos do produto, pois é o energético de baixa emissão de carbono e perfeito para esse momento da transição energética”, diz Karine Fragoso, gerente de Petróleo, Gás e Naval da federação.

Como ilustração da funcionalidade da Calculadora, veja o exemplo para consumidores industriais de porte pequeno na cidade do Rio, com um consumo diário de 10.000 m3/dia, são apresentadas seis faixas de consumo – de zero a 200 m3 até de 100 mil m3 a 300 mil m3 –, o consumo e o custo por faixa. Já para o segmento residencial, o exemplo utiliza uma residência na cidade do Rio e o consumo de 10 m3 mensal.

Calculadora de Gás Natural – conforme os resultados da Calculadora, chama a atenção que os estados mais próximos aos principais polos de produção nacional de gás natural nacional apresentam, apresentam tarifas em geral mais caras, como é o caso dos estados do Rio de Janeiro e São Paulo. Enquanto isso, os estados do Nordeste figuram entre os com menores tarifas, resultado da abertura do mercado em meados de 2021 que não ocorreu de modo harmônico entre as regiões e permitiu que a região acessasse, na época, fornecedores com melhores condições de preço.

Vale lembrar que a tarifa final ao consumidor é composta por algumas parcelas: o custo da molécula de gás natural, a tarifa de transporte, a margem de distribuição, impostos e taxa de regulação. Veja abaixo as cinco tarifas mais altas e as cinco mais baixas no Comparativo da Tarifa de Gás Natural por Distribuidora (R$/m3) para os segmentos industrial, residencial e GNV:

Segmento Industrial – Consumidor Pequeno 1.000 m3/dia

Mais altas

Naturgy SPS (SP) – R$ 5,55
CEG (Região Metropolitana do Rio) – R$ 4,97
NECTA (SP) – R$ 4,96
MSGas (MS) – R$ 4,84
Comgas (SP) – 4,74

Mais baixas

Bahiagas (BA) – R$ 3,21
Cigas (AM) – R$ 3,29
Algas (AL) – R$ 3,47
Copergas (PE) – R$ 3,59
SCGas (SC) – R$ 4,08

Segmento Industrial – Consumidor Médio 10.000 m3/dia

Mais altas

CEGÁS (CE) – R$ 4,44
Naturgy SPS (SP) – R$ 4,42
CEG (Região Metropolitana do Rio) – R$ 4,36
Gás Brasiliano (SP) – R$ 4,24
Compagas (PR) – R$ 4,15

Mais baixas

CIGÁS (AM) – R$ 2,97
BahiaGás (BA) – R$ 3,07
ALGÁS (AL) – R$ 3,23
GASMIG (MG) – R$ 3,53
COPERGAS (PE) – R$ 3,55

Segmento Industrial – Consumidor Grande 30.000 m3/dia

Mais altas

CEGAS (CE) – R$ 4,23
Compagas (PR) – R$ 4,10
MSGas (MS) – R$ 4,00
CEG (Região Metropolitana do Rio) – R$ 3,99
NECTA (SP) – R$ 3,94

Mais baixas

Cigas (AM) – R$ 2,80
Bahiagas (BA) – R$ 3,01
Algas (AL) – R$ 3,13
Comgas (SP) – R$ 3,47
GASMIG (MG) – R$ 3,48

Segmento Comercial – 10m3/mês

Mais altas

Compagas (PR) – R$ 13,16
CEG (Região Metropolitana do Rio) – R$ 9,23
COMGÁS (SP) – R$ 8,57
GASMIG (MG) – R$ 7,88
SCGÁS (SC) – R$ 7,53

Mais baixas

CIGÁS (AM) – R$ 3,44
Copergas (PE) – R$ 3,59
CEGÁS (CE) – R$ 4,47
Sergas (SE) – R$ 4,90
Potigás (RN) – R$ 5,38

Segmento Residencial – 10m3/mês

Mais altas

CEG (Região Metropolitana do Rio) – R$ 15,14
PARAIBA (PBGas) – R$ 12,69
COMGÁS (SP) – R$ 11,75
CEG Rio (interior fluminense) – R$ 11,55
Gás Brasiliano (SP) – R$ 9,04

Mais baixas

Potigas (RN)- R$ 5,76
ESGas (ES) – R$ 6,15
Sergas (SE) – R$ 6,15
Bahiagas (BA) – R$ 6,44
Copergas (PE) – R$ 6,49

Segmento GNV

Mais altas

CEGAS (CE) – R$ 4,10
ESGas (ES) – R$ 3,97
Potigas (RN) – R$ 3,86
Gasmig (MG) – R$ 3,80
Compagas (PR) – R$ 3,78

Mais baixas

Bahiagas (BA) – R$ 2,86
Cigas (AM) – R$ 2,95
Comgas (SP) – R$ 3,21
MSGas (MS) – R$ 3,26
Copergas (PE) – R$ 3,26

Para baixar a “Calculadora da Tarifa de Distribuição de Gás Natural da Firjan” clique no link e siga o passo a passo:  www.firjan.com.br/data/files/56/07/FF/15/77DAD810FABCEEC8C8284EA8/2024-02-15-FIRJAN-CalculadoraTarifaDistribuicaoGN.xlsx

Últimas Notícias

Fortalecendo a prevenção e o enfrentamento à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

A Vibra, maior distribuidora de combustíveis e lubrificantes do Brasil, está comprometida com a causa social de "Enfrentamento à Exploração Sexual de Crianças e...
advertisementspot_img

Busch do Brasil expande seu portfólio com produtos da Pfeiffer Vacuum

A Busch do Brasil Ltda., uma subsidiária integral da Busch SE, anunciou expansão de seu portfólio: está assumindo a distribuição e o serviço dos produtos...

Identificação padronizada para segurança do alimento

Uma nova forma de identificar produtos no varejo, que transforma a rotina dos consumidores e os processos de automação das empresas da cadeia de...