Cepsa Química investe em gel hidroalcoólico de origem renovável


A Cepsa reforça o seu negócio químico com a construção, em Huelva, da primeira fábrica de produção de álcool isopropílico, ou isopropanol, a partir de materiais renováveis ​​ou circulares, que a converterá na instalação do seu género mais competitiva, inovadora e amiga do ambiente.
O isopropanol é um produto com propriedades desinfetantes e de significativo valor agregado, com grande demanda internacional e que, entre muitos outros usos, está na base dos géis hidroalcoólicos. Também é utilizado no setor médico-farmacêutico, e em produtos de limpeza, eletroeletrônicos, cosméticos, tintas ou como solvente.
A fábrica será a primeira instalação do gênero a substituir as matérias-primas de origem fóssil atualmente utilizadas na produção de isopropanol por materiais sustentáveis. A Cepsa Química amplia assim a sua plataforma de produtos Next a partir de matérias-primas renováveis ​​e energias verdes, como NextLab e NextPhenol.
A nova fábrica, que exigirá um investimento de €75 milhões, estará operacional em 2025 e reforça a aposta da Cepsa na inovação, reforça a sua posição de liderança no setor químico e consolida a sua aposta no desenvolvimento de soluções mais sustentáveis ​​e amigas do ambiente.

José Maria Solana, EVP de Químicos da Cepsa afirmou que, “com este projeto, a posição da nossa Empresa como líder no setor químico é ainda mais reforçada, reforçando o nosso portefólio com a adição de um novo produto de grande valor para a sociedade e para a nossa estratégia. Este produto pode ser oferecido aos nossos clientes com matérias-primas sustentáveis ​​e abre-nos portas para novas aplicações.”
A integração da nova instalação no Vale Andaluz de Hidrogénio Verde, do qual faz parte o Parque Energético La Rábida de Huelva, permitirá abastecer a central com hidrogênio verde produzido pela Cepsa, aproveitando as sinergias econômico-financeiras com as restantes das estruturas comerciais e logísticas da empresa e potenciando a sustentabilidade dos processos industriais associados.
100% da energia a ser utilizada na nova fábrica de isopropanol será proveniente de fontes renováveis, o que significa que a produção deste produto será neutra em CO 2 . Desta forma, a nova instalação beneficiará dos projetos promovidos na estratégia Movimento Positivo levado a cabo pela Cepsa na Andaluzia.
A central do projeto será concebida com um impacto ambiental mínimo, pelo que a sua construção e entrada em funcionamento estão totalmente alinhadas com os objetivos de sustentabilidade da Cepsa, nomeadamente em termos de circularidade e redução da captação de água.

Últimas Notícias

Fortalecendo a prevenção e o enfrentamento à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

A Vibra, maior distribuidora de combustíveis e lubrificantes do Brasil, está comprometida com a causa social de "Enfrentamento à Exploração Sexual de Crianças e...
advertisementspot_img

Busch do Brasil expande seu portfólio com produtos da Pfeiffer Vacuum

A Busch do Brasil Ltda., uma subsidiária integral da Busch SE, anunciou expansão de seu portfólio: está assumindo a distribuição e o serviço dos produtos...

Identificação padronizada para segurança do alimento

Uma nova forma de identificar produtos no varejo, que transforma a rotina dos consumidores e os processos de automação das empresas da cadeia de...