Conjuntura econômica – pela FGV


Um dos elementos que levam especialistas a alertar para o baixo potencial de crescimento do PIB brasileiro é o nível de investimento. Para reverter parte desse quadro e dinamizar a economia, uma das armas do governo é o novo PAC, lançado no início deste semestre. As chances de essa versão ser uma alavanca exitosa para a atividade é tema da Conjuntura Econômica de novembro. Nesse especial encontram-se especialistas de diferentes áreas cobertas pelo programa.

18.fgv.br/mailing/2023/ibre/Revista_Conjuntura_Novembro/9330444/22/

No campo da energia, Joísa Dutra, diretora do Centro Brasileiro de Regulação e Infraestrutura (FGV Ceri), considera que um arcabouço regulatório consolidado e a emergência da agenda de transição energética jogarão a favor dos investimentos. A dúvida, ressalta, é como o governo conseguirá conciliar – especialmente em fóruns internacionais como a COP 28 – sua defesa da descarbonização com os fortes investimentos na exploração de petróleo e gás contemplados no novo PAC, com o setor respondendo por R$ 360 bilhões de investimentos, do total de R$ 565,4 bi previstos para o segmento de transição e segurança energética.

@AndreTelles
@HelioMontferre

Um dos segmentos que entram com destaque na nova edição do programa é o de inovação e pesquisa, com o qual o governo federal pretende sinalizar a preocupação com uma estratégia de desenvolvimento sustentável e tecnológica. Na avaliação de Fernanda De Negri, do Ipea, os projetos elencados no PAC não sinalizam nenhuma articulação efetiva. O que não tira o mérito do governo, afirma, ao dar prioridade a ações que esperam há anos um empurrãozinho para acontecer. 

Também foi destaque a queda do desemprego registrada na PNAD-C do IBGE, com um recuo para 7,7% no trimestre móvel encerrado em setembro. Fernando de Holanda Barbosa Filho, do FGV IBRE, alerta que esse resultado ainda esconde uma taxa de participação da força de trabalho inferior à observada no período pré-pandemia. “Se colocássemos todas as pessoas que estavam na força de trabalho antes da pandemia de volta, e elas não conseguissem emprego, nossa taxa de desemprego ainda estaria em torno de 10%”, afirma Barbosa. 

Últimas Notícias

Recap lança campanha de combate a fraudes no setor de combustíveis

As fraudes no setor de combustíveis afetam não apenas a concorrência leal entre as empresas, mas toda a sociedade, ao retirar recursos de áreas...
advertisementspot_img

Prêmio DowGOL reconhece os melhores fornecedores logísticos 

A Dow Brasil anunciou os vencedores da 18ª edição do Prêmio DowGOL que reconhece e promove as melhores práticas de fornecedores logísticos. O evento...

Sabesp é finalista de maior prêmio do mundo no setor de biogás

A Sabesp é finalista do AD and Biogas Industry Award 2024, a maior premiação do mundo no setor de biogás. A Companhia concorre na...