Equinor na quarta rodada de solicitação de energia eólica offshore de Nova York


A NYSERDA – Autoridade de Pesquisa e Desenvolvimento de Energia do Estado de Nova York  anunciou a Empire Wind 1 – desde janeiro pertencente à Equinor -, um dos vencedores condicionais em sua quarta rodada de solicitação de energia eólica offshore.

O prêmio é um marco importante para o avanço do projeto, que pode entregar 810 megawatts (MW) de energia renovável para Nova York. Projeto eólico offshore já maduro, o Empire Wind 1 pretende entregar a primeira energia para Nova York em 2026.

A Equinor e a NYSERDA agora negociarão um Contrato de Compra e Venda de Certificado de Energia Renovável Eólica Offshore (OREC), com execução do contrato prevista para o segundo trimestre de 2024.

“Esse prêmio é um marco importante em nossos esforços contínuos para maximizar a criação de valor do Empire Wind 1, atualmente um dos maiores e mais maduros projetos de energias renováveis dos EUA. O prêmio representa uma importante contribuição para as ambições climáticas de Nova York de um projeto de grande escala em um mercado em crescimento que demonstrou um forte compromisso com a energia eólica offshore. Estamos trabalhando diligentemente para levar o projeto a uma decisão de investimento durante o terceiro trimestre deste ano. Com o uso de financiamento de projetos, esperamos que nossos investimentos eólicos offshore na Costa Leste dos EUA entreguem retornos de capital nominal de ciclo completo dentro da faixa de 12-16%. Pretendemos buscar um novo parceiro no momento certo para aumentar ainda mais o valor e reduzir nossa exposição”, disse Pål Eitrheim, vice-presidente executivo da Equinor Renewables.

Sujeito à assinatura do contrato OREC com a NYSERDA, espera-se que o projeto forneça retornos de projeto de base reais prospectivos dentro da faixa guiada para projetos renováveis, de 4-8%. Após uma decisão final de investimento esperada para meados de 2024, a Equinor planeja usar o financiamento do projeto, com fechamento financeiro previsto para o final de 2024.

O Empire Wind 1 já alcançou vários marcos importantes de licenciamento, incluindo a aprovação de seu Plano de Construção e Operações (COP) do Federal Bureau of Ocean Energy Management e seu Artigo VII Certificado de Capacidade Ambiental e Necessidade Pública da Comissão de Serviço Público de Nova York.

Em 25 de janeiro de 2024, a Equinor anunciou uma transação de swap com a bp, sob a qual a Equinor assume a propriedade total do arrendamento e dos projetos da Empire Wind e a bp, a propriedade do arrendamento e dos projetos da Beacon Wind. Esta transação está sujeita à aprovação regulatória e o fechamento da transação está previsto para o 2º ou 3º trimestre de 2024.

Últimas Notícias

Fortalecendo a prevenção e o enfrentamento à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

A Vibra, maior distribuidora de combustíveis e lubrificantes do Brasil, está comprometida com a causa social de "Enfrentamento à Exploração Sexual de Crianças e...
advertisementspot_img

Busch do Brasil expande seu portfólio com produtos da Pfeiffer Vacuum

A Busch do Brasil Ltda., uma subsidiária integral da Busch SE, anunciou expansão de seu portfólio: está assumindo a distribuição e o serviço dos produtos...

Identificação padronizada para segurança do alimento

Uma nova forma de identificar produtos no varejo, que transforma a rotina dos consumidores e os processos de automação das empresas da cadeia de...