CES2024 é mais que tv e celular


No ano em que a Associação de Consumo Tecnológico (CTA), que está por trás da Consumer Electronic Show (CES), comemora 100 anos, o que se viu durante o evento foi um desfile de hologramas gerados por ventiladores, telas transparentes, televisores sem fio, sapatos que permitem andar mais rápido, carros eletrônicos ainda mais avançados, robôs, inteligência artificial… tudo com possibilidade de chegar às prateleiras em cinco ou seis anos.

A CES® é um campo de provas para tecnologias e pessoas inovadoras do mundo todo. É onde as marcas realizam negócios, conhecem novos parceiros e onde mentes perspicazes revelam seus últimos lançamentos e inovações mais ousadas. Traz o cenário tecnológico geral em um único evento. Por isso mesmo, além dos objetos-sonho-de consumo, também discutiu como a IA e a robotização na agricultura estão transformando a forma de plantar, cuidar e colher. Um painel dedicado ao assunto discutiu a hesitação de uma parte dos agricultores em adotar novas tecnologias e frisou que é a combinação das pessoas com a tecnologia que é poderosa, que pode melhorar a produção e diminuir o desperdício. Tudo inserido na questão maior que são as mudanças climáticas.

De maneira geral, a CES 2024 – à parte os objetos de desejo – em discussões e mesmo na exposição, deixou claro que, quanto mais crítica for a questão, mais necessidade de inovação tecnológica ela vai demandar.

A JohnDeere, por exemplo, disponibilizou, entre outras coisas, seu Operations Center Mobile onde se podia controlar um 8R autônomo em tempo real em Austin a partir do estande em Las Vegas, a partir de um celular – e ver isso na transmissão de vídeo ao vivo.

A LG mostrou seu carro conceito Alpha-able, que serve como uma representação da sua visão de mobilidade, oferecendo aos passageiros uma antevisão das soluções que eles poderão experimentar no futuro. O conceito com o qual a LG trabalha a mobilidade envolve os conceitos de Transformável, Explorável e Relaxante. E, ao transformar o carro em espaços que lembram uma casa ou um escritório, os passageiros vão poder descansar ou trabalhar durante a viagem – com  telas OLED envolventes, mordomos robóticos e até iluminação higienizadora dos raios UV.

Senadores dos EUA visitaram o evento e viram a proposta da ABB E-mobility para eletrificar a mobilidade e fazer com que o carregamento de veículos elétricos realmente funcione. A ABB E-mobility entende que as soluções de carregamento de VE não são únicas, onde variáveis ​​como espaço limitado ou restrições de energia exigem formatos inovadores e estratégias inteligentes de gestão de energia para maximizar de forma flexível o custo total de propriedade. A cobrança básica, em movimento e de destino estão evoluindo rapidamente para atender aos requisitos específicos e complexos do mercado, às expectativas de experiência do cliente (CX) e de experiência do usuário (UX), às necessidades complexas de integração e aos ecossistemas de entrega. Os usuários agora exigem soluções que não apenas “funcionem” no mundo real, mas que também se adaptem aos seus desafios e evoluam para atender às novas necessidades.

Ao lado de clientes e parceiros como Sony, Red Bull Racing, Unlimited Tomorrow e Blendhub, a Siemens destacou como a tecnologia está transformando o dia a dia: com a Sony, apresentou uma solução de engenharia imersiva que combina o visor de cabeça da Sony ao software Siemens Xcelerator; com a AWS tornou a inteligência artificial generativa mais acessível aos desenvolvedores de aplicativos por meio da combinação do AWS Bedrock e da plataforma Mendix de low-code. E aprimorou sua plataforma Siemens Xcelerator com novas capacidades para combinar os mundos real e digital e impulsionar a transformação digital em diversas indústrias.

“Enxergamos o metaverso industrial como um mundo virtual quase indistinguível da realidade, possibilitando que pessoas, juntamente com a IA, colaborem em tempo real para enfrentar desafios do mundo real. Isso permitirá aos clientes acelerarem a inovação, aprimorar a sustentabilidade e adotar novas tecnologias mais rapidamente e em grande escala, levando a uma transformação profunda de setores inteiros e de nosso dia a dia. Ao lado de nossos clientes e parceiros, temos o orgulho de anunciar novos produtos que aproximarão o metaverso industrial de todos nós”, afirmou Roland Busch, CEO da Siemens.

Últimas Notícias

Utilização da capacidade instalada despenca para 58%, o menor nível mensal da história da química nacional

De acordo com os dados da amostra do Relatório de Acompanhamento Conjuntural (RAC), o índice de utilização da capacidade instalada da indústria química brasileira...

FPSO Bacalhau – Primeiro FPSO Novo do Mundo com Notação DNV Abate

A Modec comunica que o FPSO Bacalhau recebeu a Aprovação em Princípio (AiP) para Notação de Redução da sociedade de classificação DNV, tornando-se o...

ADNOC implanta a primeira solução de IA RoboWell da AIQ em operações offshore

A ADNOC anunciou a implantação do RoboWell, a solução pioneira de controle de poços autônomos de inteligência artificial (IA) da AIQ, em suas operações...