Descarte correto de embalagens


A Abree – Associação Brasileira de Reciclagem de Eletroeletrônicos e Eletrodomésticos aproveitou o Dia mundial do Resíduo Eletrônico (14/10) e o Dia do Consumo Consciente (15/10) para divulgar que é preciso refletir sobre o destino das embalagens quando não são mais necessárias, pois o descarte irresponsável pode acarretar consequências graves, tanto para o meio ambiente quanto para a nossa saúde. É fundamental um descarte ambientalmente adequado.

O Presidente da Abree, Nilson Maestro, comenta que as embalagens de equipamentos eletroeletrônicos e eletrodomésticos, frequentemente, contêm materiais tóxicos e poluentes, como plásticos, papelões, metais pesados e substâncias químicas prejudiciais: “Quando descartadas de maneira inadequada, essas embalagens podem causar danos significativos ao meio ambiente. Os materiais tóxicos podem contaminar o solo, os lençóis freáticos e até mesmo chegar aos cursos d’água, ameaçando a vida aquática e a saúde humana”, explica.

Então, é preciso adotar práticas de descarte adequadas para as embalagens dos equipamentos eletroeletrônicos e eletrodomésticos. A reciclagem surge como uma das principais soluções, permitindo a reutilização dos recursos presentes nas embalagens e reduzindo a quantidade de resíduos destinados aos aterros sanitários. Além disso, a reciclagem contribui para a diminuição das emissões de gases de efeito estufa, um passo importante para lidar com as mudanças climáticas.

Segundo Maestro, é importante se atentar que a reciclagem não é o único aspecto relevante quando se trata do descarte ambientalmente adequado das embalagens. É preciso conscientizar e educar,  informar e incentivar as pessoas a adotarem práticas responsáveis, como separar corretamente as embalagens dos produtos e encaminhá-las para os pontos de coleta seletiva e reciclagem apropriados.

Maestro destaca o importante papel das empresas nesse contexto, pois possuem o dever de assumir a responsabilidade pelo correto destino das embalagens dos produtos que colocam no mercado. A adoção de sistemas de logística reversa é indispensável, pois possibilita que as embalagens utilizadas pelos consumidores sejam devolvidas e encaminhadas para reciclagem ou descarte adequado. Investir em tecnologias e parcerias que facilitem essa logística reversa se apresenta como uma forma altamente efetiva de reduzir o impacto ambiental causado pelas embalagens.

O presidente da Abree fala ainda que não se deve esquecer da importância do papel dos governos na promoção do descarte ambientalmente adequado das embalagens: “Eles devem criar regulamentações e políticas que incentivem as práticas sustentáveis de descarte, promovendo campanhas de conscientização para orientar os cidadãos sobre a importância desta prática. Incentivos fiscais e apoio às empresas que adotam medidas sustentáveis também podem impulsionar a mudança. É nosso dever individual e coletivo assumir essa responsabilidade e agir de forma consciente, pensando nas gerações futuras e na saúde do planeta”, diz.

Últimas Notícias

Utilização da capacidade instalada despenca para 58%, o menor nível mensal da história da química nacional

De acordo com os dados da amostra do Relatório de Acompanhamento Conjuntural (RAC), o índice de utilização da capacidade instalada da indústria química brasileira...

FPSO Bacalhau – Primeiro FPSO Novo do Mundo com Notação DNV Abate

A Modec comunica que o FPSO Bacalhau recebeu a Aprovação em Princípio (AiP) para Notação de Redução da sociedade de classificação DNV, tornando-se o...

ADNOC implanta a primeira solução de IA RoboWell da AIQ em operações offshore

A ADNOC anunciou a implantação do RoboWell, a solução pioneira de controle de poços autônomos de inteligência artificial (IA) da AIQ, em suas operações...