Mudanças na DOW no Brasil


A Dow, empresa de ciência dos materiais que oferece soluções químicas para diversas indústrias, realizou movimentações estratégicas em seu quadro de lideranças das operações fabris no Brasil. O executivo Fábio Richeti assumiu a liderança do Site da Dow em Cabangu, em Minas Gerais, ficando responsável pela operação da planta de silício metálico. Fábio ingressou na Dow em 2003 e atuou em diversas posições nessas duas décadas na empresa. Desde 2018 ele ocupava o cargo de líder do Site da Dow no Guarujá, litoral de São Paulo.
Com a ida de Fábio para Cabangu, Cassiano Andrade passa a liderar a planta de poliol e poliglicol da Dow no Guarujá. Ele, que iniciou sua carreira na empresa como estagiário dessa unidade, em 2009, acumula experiência em funções como: engenheiro de melhorias, engenheiro de produção, especialista em melhoria contínua e líder de operações para tratamento de efluentes, utilidades e biocidas, e líder de operações para a planta de Coating Materials. Desde janeiro de 2022 ele estava como líder do complexo industrial de Jacareí.  

Da esquerda para direita: Fábio Richeti, Cassiano Andrade, Fabiana de Abreu e Sandra Martins

Desde dezembro, quem comanda as operações da planta de Coating Materials da Dow em Jacareí é a executiva Fabiana de Abreu. Ela ingressou na Dow em 2013 como Planejadora da Cadeia de Suprimentos da Dow Automotive América Latina e, em 2017, foi nomeada Líder de Logística na unidade de Jacareí. No final de 2018 assumiu o cargo de Líder Sênior de Operações Logísticas em Aratu, onde obteve resultados significativos, aprimorando a eficiência logística para apoiar as operações. Em 2021, recebeu responsabilidades adicionais como Líder de Produção de Operações Ambientais, garantindo o fornecimento e tratamento de água para a fábrica. 

Para complementar as movimentações no quadro de lideranças de operações, Sandra Martins foi nomeada para a posição de Líder de Produtividade para a América Latina. Concomitantemente, ela também assumiu a posição de líder da unidade da Dow em Hortolândia, no interior de São Paulo. Sandra retorna ao Brasil após quatro anos como diretora da unidade da Dow Consumer Solutions de Carrollton, em Kentucky, Estados Unidos. Nessa planta, ela liderou a equipe em vários projetos e foi fundamental para concluir a integração dos Padrões Dow EHS e do Sistema de Gestão. Com uma trajetória profissional de 22 anos na Dow, Sandra teve passagens pela fábrica de Aratu, na Bahia; atuou como Diretora de Operações para Meio Ambiente, Saúde e Segurança (EH&S) na América Latina e, em 2016, mudou-se para Portugal, assumindo as funções de líder da fábrica de Estarreja e líder de produção PMDI, cargos que ocupou até sua ida para os Estados Unidos, em 2019.

Últimas Notícias

Utilização da capacidade instalada despenca para 58%, o menor nível mensal da história da química nacional

De acordo com os dados da amostra do Relatório de Acompanhamento Conjuntural (RAC), o índice de utilização da capacidade instalada da indústria química brasileira...

FPSO Bacalhau – Primeiro FPSO Novo do Mundo com Notação DNV Abate

A Modec comunica que o FPSO Bacalhau recebeu a Aprovação em Princípio (AiP) para Notação de Redução da sociedade de classificação DNV, tornando-se o...

ADNOC implanta a primeira solução de IA RoboWell da AIQ em operações offshore

A ADNOC anunciou a implantação do RoboWell, a solução pioneira de controle de poços autônomos de inteligência artificial (IA) da AIQ, em suas operações...